Páginas

domingo, 23 de agosto de 2015

Versos sem a vogal E

Indaiatuba, 13 de agosto de 2015.

Os dias são como um vulto
Passam rápido
As coisas boas ficam na alma
As ruins na mágoa
O coração palpita a dor
A vida fica difícil
A solidão só castiga
O mundo fica vazio
Nossa vitória, só outrora
Tudo complica
Tudo virá
Tudo vai para o alto
Tudo acaba
Damos um pulo para cima
Voltamos à vida
Choramos com força, com garra
Lutamos, ganhamos
Com amor

Exercício proposto na exposição Poesia Agora do Museu da Língua Portuguesa.