Páginas

sábado, 20 de agosto de 2016

Coisa de Cachaceiro(a) 24 Horas

Se está solitário(a), beba.
Se está acompanhado(a), beba.
Se está se divertindo, beba.
Se está feliz, beba.
Se está triste, beba.
Se está depressivo(a), beba.
Se está devendo, beba.
Se está com dinheiro, beba.
Se está com saudade, beba.
Se está com a família, beba.
Se está estudando, beba.
Se está na facul, beba.
Se está formado, beba.
Se está trabalhando, beba.
Se está bem de vida, beba.
Se está namorando, beba.
Se está noivo(a), beba.
Se está casado(a), beba.
Se está traindo, beba.
Se está sendo traído(a), beba.
Se está arrependido, beba.
Se está conformado, beba.
Se está desempregado, beba.
Se está morto, cuidado: beba com moderação.

sábado, 9 de abril de 2016

Pé que no rio passa

Publicado pela primeira vez dia 23/03/08 às 15:13.

Achei umas anotações minhas de 2006 e, em um dos papéis, encontrei três versos que resolvi transformar numa poesia.

Pé que no rio passa.
Pé, quem o rio passa?
Pé, quê no rio passa?
Pequeno rio passa.

Peque, no rio passa.
Peque, Nô, rio passa.
Peque, Nô, ri ou passa.
Peque, Nóri, ou passa.
Peque, Nóri. Ôpa, Sá!
Peque, Nório passa.
Peque, Nório… Passa!
Peque, Nório. Paz, Sá!
Peque-no, rio passa.
Peque no rio, passa.
Peque no rio. Paz, Sá!
Pequeno rio passa.

Pequeno ri. Ôpa, Sá!
Pequeno, ri ou passa.
Pequeno rio. Paz, Sá!
Pequeno rio passa.

Para entender uma mulher

Publicado pela primeira vez no dia 29/01/13 às 16:00.
Beija-flor

Homem, para entender uma mulher você deve parar de tentar entender “as mulheres”. Quem tem a ilusão de que isso é possível passa pela vida sem entender nenhuma.

Dicas sobre meninos e meninas

Meninos brincam com bonecos. Meninas brincam com bonecas. Meninos brincam com bonecas. Meninas brincam com bonecos. Resumindo: meninas e meninos brincam com bonecas e bonecos, o que achar mais divertido.

Meninas e meninos que gostam de brincar de carrinho, brincam de carrinho.

Meninos e meninas podem brincar com bichos de pelúcia, desde que não tenham alergia. Aaaaatchim!

Meninas gostam de azul, rosa, verde, laranja, roxo, preto, violeta, bege, branco... todas as cores. Já os meninos gostam de rosa, azul, roxo, verde, marrom, lilás, preto, cinza, amarelo... todas as cores também. Mas cada um tem sua cor favorita e não há regra para isso.

O skate pode ser brinquedo e meio de transporte para meninas e meninos, assim como a bicicleta e o patinete. Cada um se equilibra como pode.

Todas as crianças podem usar roupas com florzinhas e corações, apesar de combinarem mais com as crianças que gostam de usar roupas com florzinhas e corações.

Meninos e meninas têm que perder o medo de barata e aprender a se livrar delas porque são animais perigosos: moram no esgoto e trazem várias doenças para dentro de casa.

Ballet é um estilo de dança praticado por meninos e meninas que gostam de ballet. Mas nem todo mundo gosta porque dói o pé. Na verdade, dói o corpo inteiro.

Meninas e meninos que aprendem a lutar uma arte marcial ganham disciplina e crescem sabendo se defender. Você prefere capoeira, kung-fu, jiu-jitsu, judô, krav-magá, muay thai ou karatê?

Futebol é esporte de menino e menina, assim como vôlei, basquete, tênis e handebol. Mas é preciso gostar. Nem todo mundo leva jeito para jogar bola.

Meninas e meninos precisam aprender a fazer alguns consertos porque fica muito caro pagar conserto de tudo. Toda hora estraga alguma coisa, é impressionante.

E por falar em conserto, na adolescência meninos e meninas precisam aprender a usar a agulha para colocar os botões nas camisas porque eles vivem se soltando. Parece que não gostam de ficar muito tempo presos.

Menino pode ter cabelo grande e menina pode ter cabelo curto. Quando se trata de cabelo, nunca dá para agradar todo mundo, então o importante é se sentir confortável.

Tem vez que os meninos brincam separados das meninas ou são as meninas que brincam separadas dos meninos, mas tem menino que prefere brincar com as meninas e tem menina que prefere brincar com os meninos. Isso é muito pessoal, cada um é de um jeito mesmo.

Uma vez ouvi que “quem brinca de Barbie é menina”, mas eu sou menina e meu irmão vivia brincando com as minhas Barbies. Ele rabiscava a cara delas e cortava os cabelos, do mesmo jeito que eu gostava de fazer, então eu acho que quem brinca de Barbie é quem gosta de brincar de Barbie, sendo menino ou menina.

Por isso eu acho que muitas vezes a gente fala “meninos isso” e “meninas aquilo”, sendo que o que a gente tá falando serve tanto para todos: meninos e meninas. A gente erra muito isso, pode reparar.

E quando a gente fica adulto, continua errando tudo: “mulher assim”, “homem assado”. Na maioria das vezes, se a gente trocar homens ou mulheres por “pessoas”, a frase fica mais certa ainda. A gente sabe que tá errado, mas continua errando. Ainda não descobri o porquê.

quinta-feira, 27 de agosto de 2015

Amor e poesia

São Paulo, 13 de agosto de 2015.

Amamos os que nos pertencem
mas podemos amar tudo que
o mundo nos oferece, desde que
reciclemos o que há de pior.

Eu amo poesia, que é a vida!

Para que chorar se a vida lhe
oferece o mundo? Se o amor
enriquece sua alma? Se o
seu futuro a ti pertence? A
igualdade é para todos se nós
amarmos a nós mesmos.

Improviso feito na exposição Poesia Agora do Museu da Língua Portuguesa.

domingo, 23 de agosto de 2015

Versos sem a vogal U

Indaiatuba, 13 de agosto de 2015.

Se você pensa em algo importante
Para te fazer feliz
Mas não sabe realizar
Apenas pense em você
E seja você mesmo
Como é
Assim irá perceber a felicidade
E fazer as pessoas felizes também

Exercício proposto na exposição Poesia Agora do Museu da Língua Portuguesa.

Versos sem a vogal O

Indaiatuba, 13 de agosto de 2015.

Águas pássadas: lágrimas derramadas
Ser feliz é viver sempre em paz
E fazer alguém feliz também
A felicidade é a tranquilidade da alma
A presença de fé, a serenidade de amar

Exercício proposto na exposição Poesia Agora do Museu da Língua Portuguesa.